Passarela temporária aproxima visitantes de fonte em Lisboa

A estrutura de madeira criada pelo arquiteto português Marcelo Dantas permite aos visitantes chegar mais perto das cascatas da fonte luminosa

O projeto temporário busca aumentar a interação dos visitantes com as esculturas, água, luz e o som presentes na Fonte Luminosa de Lisboa, em Portugal.

Siga-nos no Facebook

A passarela tem início na praça pública situada no topo do parque Alameda Dom Afonso Henriques até a fonte criada em 1948.

A estrutura é feita com ripas de madeira e o revestimento é composto por painéis de partículas orientadas (OSB).

À medida que o piso é elevado, a altura das paredes diminui. Com a proximidade gerada, os visitantes acabam sendo molhados, por isso são disponibilizadas capas pretas impermeáveis no início da instalação.

Um dos lados da passarela é fechado por um painel transparente, buscando criar a ilusão de que não há nada entre o piso e a água.

Confira vídeo sobre o projeto temporário.



Publicada originalmente em ARCOweb em 11 de Agosto de 2015
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora