Concurso busca projeto para área de edifício que desabou em SP

O portal Projetar.org selecionará projetos de habitação de interesse social para a área onde estava localizado o edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, em São Paulo

Foto: Bombeiros retiram escombros após desabamento do Wilton Paes de Almeida (Alfribeiro/iStock)

Ferramenta que busca conectar estudantes universitários através de concursos de projetos ligados a temas atuais, nos mesmos moldes de concursos profissionais de arquitetura, o portal Projetar.org recebe, até 20 de agosto, inscrições de estudantes de arquitetura e profissionais formados há no máximo um ano (em grupos de até cinco participantes) interessados em participar do concurso Habitação Social no Largo do Paissandu. A taxa de inscrição por grupo é de R$ 140.

Serão selecionados projetos de habitação de interesse social para a área onde estava localizado o edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou no dia 1º de maio deste ano em decorrência de um incêndio, no centro da cidade de São Paulo.

Os participantes terão o desafio de pensar em uma estrutura contemporânea modulável. A edificação proposta deverá incluir 200 apartamentos (um, dois, três e quatro dormitórios), com metragem seguindo a tabela referencial do Programa Minha Casa Minha Vida, além de área comunitária e garagem para bicicletas e veículos leves.

O júri técnico é composto por Bárbara Laís Felipe de Oliveira, docente do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), de Mossoró (RN); Caio Smolarek Dias, mestre em arquitetura com ênfase em paisagem urbana pela Escola Politécnica de Milão (2010), sócio do Studio CSD, de Cascavel (PR) e sócio-fundador e idealizador do Projetar.org; Felipe Sanqueta, formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Positivo (UP) com extensão acadêmica na Escola Técnica Superior de Arquitetura (ETSAC), de Corunha, Espanha, e colaborador do escritório Marcos Bertoldi Arquitetos, em Curitiba (PR).

As equipes inscritas devem entregar as propostas até 27 de agosto. Os finalistas serão anunciados em 17 de setembro, no Projetar.org. A premiação inclui pagamento em dinheiro (R$ 2,3 mil para o primeiro colocado, R$ 1,7 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro), certificado e publicação dos projetos vencedores em sites, redes sociais e blogs parceiros. Todas as propostas entregues serão publicadas no site da Projetar.org.

Tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de São Paulo (Conpresp) em 1992, o edifício Wilton Paes de Almeida foi projetado, em 1961, pelo arquiteto Roger Zmekhol, nascido em Paris e filho de imigrantes sírios.

O prédio era considerado um marco da arquitetura modernista. Com 24 andares, estrutura metálica e lajes de concreto, abrigou várias empresas e bancos, até ser tomado pelo estado em razão de dívidas. Pertencente à União desde 2002, estava cedido à prefeitura de São Paulo e, antes do desabamento, em março, era habitado irregularmente por 170 famílias.

Mais informações e inscrições no site do Projetar.org.

Publicada originalmente em ARCOweb em 10 de Agosto de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora