Itsuko Hasegawa vence prêmio inaugural da Royal Academy

A arquiteta japonesa é a primeira vencedora do prêmio de arquitetura da Royal Academy of Arts



A Royal Academy of Arts anunciou nesta quinta-feira, 8 de fevereiro, que a arquiteta japonesa Itsuko Hasegawa receberá o 2018 Royal Academy Architecture Prize por sua inspiradora e duradoura contribuição à cultura arquitetônica.

O prêmio inaugural, apoiado pela Fundação Dorfman, foi decidido por um júri internacional presidido pela arquiteta e acadêmica da Royal Academy Louisa Hutton e composto pelo arquiteto Richard Rogers, o reitor da Harvard Graduate School of Design, Mohsen Mostafavi, o apresentador da BBC Razia Iqbal, o artista Conrad Shawcross e o crítico e curador Joseph Grima.

Descrita pelos jurados como "uma das mais importantes arquitetas do Japão", Itsuko Hasegawa ainda não é um nome tão conhecido mundialmente. Sua carreira começou ao lado do grupo de arquitetos japonês Metabolists, que incluía Kisho Kurakawa, Fumihiko Maki e Kenzo Tange. Em seguida, trabalhou com Kazuo Shinohara, cujo trabalho está mais ligado à arquitetura tradicional japonesa. Em 1979, Itsuko fundou seu próprio escritório.

Ela ganhou notoriedade após vencer concurso para projetar o Shonandai Cultural Centre, em Fujisawa, 1990. A partir de então, foi encarregada de fazer um grande número de projetos no Japão, incluindo a Sumida Culture Factory (Tóquio, 1994) e o Yamanashi Fruits Museum (Yamanashi, 1995). Os edifícios da arquiteta são caracterizados pela leveza, materiais simples e formas dinâmicas. 

Itsuko também já foi laureada com o Prêmio da Academia de Arte do Japão e o Prêmio de Design Cultural do Japão e recebeu bolsas honorárias do Royal Institute of British Architects, da University College London e do American Institute of Architects.

Além do Royal Academy Architecture Prize, a instituição com sede em Londres criou um novo prêmio em homenagem à Fundação Dorfman - o RA Dorfman Award, voltado a arquitetos emergentes.

A mesma equipe de jurados elaborou uma lista restrita para esse prêmio, cujo vencedor será anunciado no início de julho deste ano - mesma época em que Itsuko receberá o prêmio inaugural de arquitetura da Royal Academy.

Confira a lista com os cinco selecionados no RA Dorfman Award:

Arquitectura Expandida (Colômbia)

Go Hasegawa, fundador; Go Hasegawa and Associates (Japão)

Anne Holtrop, fundadora; Studio Anne Holtrop (Holanda e Barém)

Rahel Shawl, fundadora; RAAS Architects (Etiópia)

Alireza Taghaboni, fundador; nextoffice (Irã)



Publicada originalmente em ARCOweb em 08 de Fevereiro de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora