Protótipo de torre combina transporte, moradia e mirante em Portugal



Transporte, moradia e mirante – estas são as funções principais deste protótipo, apresentado em 2010 na Expo Shangai de 2010, e finalmente em vias de se tornar realidade.

Trata-se da TTT, sigla para torre turística transportável, um projeto do arquiteto lusitano José Pequeno, que deve começar a ser fabricado pela DST, empresa sediada em Portugal.

Graças ao desenho contemporâneo e às soluções ecoeficientes, os usos principais da torre abrem espaço para outras, como instalação artística, ou até, transporte público.

De acordo com o arquiteto, a estrutura de três pavimentos pode ser feita com diferentes tipos de madeira, combinados ao vidro, em uma área de laje de menos de 10 metros quadrados.

Dentro do diminiuto espaço, distribuem-se, além da área de circulação, um banheiro, uma cozinha, salas de estar e jantar, dormitório, área de estudo e, no topo, o mirante.

Em Shangai, o protótipo fez sucesso graças a detalhes como o sistema de montagem, a versatilidade dos materiais e, principalmente, a autossuficiência energética conquistada com painéis solares.

As primeiras torres podem começar a ser construídas em Lisboa ainda este ano.


Publicada originalmente em ARCOweb em 26 de Fevereiro de 2013

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora