Edição 446: Na sintonia do urbano

Ampliando a abrangência da visualização no Google Maps, alinham-se na tela do computador as localizações de dois projetos que publicamos nesta edição. São eles, a revitalização da Orla Marítima de Ilha Comprida, ao sul de São Paulo, de autoria do escritório Boldarini Arquitetos Associados, e a ampliação do Sesc Registro vinculada à criação do novo Memorial da Imigração Japonesa, ambos em Registro e próximos ao rio Ribeira de Iguape, concebidos pelo Brasil Arquitetura, escritório que é o objeto da nossa seção Perfil.
Pela proximidade que possuem com a água, cuja importância para as cidades eles visam restabelecer, os projetos se relacionam ainda com o Parque Urbano da Orla do Guaíba, em Porto Alegre, de autoria do escritório de Jaime Lerner. Inaugurado no meio do ano, o parque de 1,3 quilômetro de extensão possui pistas de caminhada, faixa para bicicletas, deques e passarelas redondas que avançam sobre o rio, além de restaurante, bares e áreas esportivas e de recreação infantil.
São projetos que compartilham o desejo por requalificarem o trecho das cidades em que estão inseridos, vontade que perpassa também o partido arquitetônico da Casa Firjan da Indústria Criativa, implantada no Rio de Janeiro, em Botafogo, a partir do projeto do Atelier 77. Embora se trate de um programa privado inserido em terreno privado, os arquitetos abriram clareiras de visualização do entorno a partir do núcleo do edifício, que contextualizam a obra no lugar, e a implantação em forma de L da edificação é respeitosa em relação ao sobrado existente no lote, bem como à vegetação que o qualifica.
Publicamos também nesta edição os resultados do 4º Urban 21, concurso universitário de desenho urbano promovido pela PROJETO com o patrocínio da Alphaville Urbanismo, e da 10ª edição do Prêmio AsBEA, promovido pela Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura. Entre menções e prêmios, nas categorias de projeto e obra, os vencedores de destaque da edição foram os escritórios Dal Pian Arquitetos, condecorado com o Prêmio Roberto Aflalo pelo conjunto da obra, e Andrade Morettin Arquitetos, que recebeu o Prêmio do Júri pelo projeto da sede paulista do Instituto Moreira Salles.
Já na seção Entrevista, conversamos com Héctor Vigliecca sobre projetos para grandes áreas urbanas, Copa do Mundo de 2014 e Olimpíada de 2016. Assim como o Brasil Arquitetura, também Vigliecca está às voltas com a ideia de publicar novos livros, o primeiro sobre os 40 anos do escritório e o segundo um livro de croquis.
Na seção Coluna, colaborou a arquiteta Kátia Bogéa, presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o IPHAN, falando sobre a cessão do Palácio Gustavo Capanema, no Rio de Janeiro, para abrigar parte da programação do congresso mundial de arquitetura que será realizado na cidade em 2020. E, sintonia bem vinda, fecha a revista a fotografia de Manuel Sá de detalhe da escada externa da Praça das Artes, em São Paulo, projeto do Brasil Arquitetura.

BOA LEITURA!

Texto de Evelise Grunow| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 446
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora