23 Sul Arquitetura: Casa na Vila Ipojuca, São Paulo

Estratégias para sobrado geminado

Luz e ventilação era o que se buscava com a proposta da reforma para um sobrado geminado localizado na Vila Ipojuca, bairro da região oeste da capital paulista. O projeto explorou, estrategicamente, iluminação zenital, ventilação natural, planta integrada, recursos visuais e novas materialidades

O bairro da Vila Ipojuca, zona oeste da cidade de São Paulo, tem, como característica marcante, traçado viário irregular. Por consequência, a configuração das quadras não segue os padrões comumente encontrados - quadráticos ou retangulares - e assim, o bairro resulta em um desenho de malha urbana não ortogonal.

Tal leitura do território permite compreender parte dos porquês que delinearam o traçado característico dos lotes da região que, em sua maioria, são bastante estreitos, compridos e direcionam para construções que trabalhem com o máximo coeficiente de aproveitamento do terreno e praticamente anulem recuos.

A reforma da casa que seguia esses padrões construtivos, concebida pelo escritório paulistano 23 Sul, tinha, justamente, como principal objetivo a adequação de alguns aspectos da antiga construção: ampliar entradas de luz e ventilação natural para qualificar a ambientação interna.

Devido à largura do terreno ser de, aproximadamente, seis metros, o projeto foi norteado por uma única passagem lateral que acontece desde o início do lote e se estende até os fundos. Esse novo corredor, totalmente iluminado por luz natural e dotado de mobiliário complementar à sala de estar e cozinha, dá acesso aos principais ambientes do térreo – estúdio musical, sala de estar, sala de jantar e cozinha integradas - que se beneficiam, portanto, da entrada de iluminação. Para esta lateral também foram voltadas as aberturas dos ambientes dos pisos superiores já que, no lado oposto, existe a construção vizinha geminada.

Além disso, para alcançar o resultado desejado, a materialidade da cobertura do tal corredor recorreu à variação entre vidro e chapas metálicas perfuradas, sendo estas últimas suporte para a circulação do primeiro pavimento. Nos fundos do térreo, a antiga edícula deu lugar à nova área de lazer, onde encontra-se a piscina e um pequeno deque.

O acesso ao primeiro pavimento se dá pela escada que cedeu sua área inferior para um lavabo que atende a área social. No andar de cima foram dispostos a suíte do casal, que também conta com closet e uma varanda com vista para a testada do lote; quarto da filha; banheiro e sala de TV – ou temporariamente dormitório para o caso do acolhimento de hóspedes. Este último, juntamente à sala de TV, são os ambientes integrados pela circulação lateral imediatamente acima do corredor iluminado no térreo, permitida através da aplicação das tais chapas metálicas perfuradas.

Já no segundo pavimento – que só foi possível graças ao reforço metálico feito à estrutura de concreto pré existente da casa - está, aos fundos, a churrasqueira; área de serviço, terraço e ateliê experimental com vista para a rua.

Como materialidade principal, o piso granilite cor-de-rosa contrastante com os blocos de concreto e o mobiliário em compensado naval claro. Sobre este último, destaca-se o armário que funciona como elemento de integração, ou barragem, da sala de TV à circulação interna através de um sistema deslizante de portas pivotantes e pendurado por trilhos no teto.



Ficha Técnica

Casa na Vila Ipojuca, São Paulo - SP

Ano de conclusão da obra 2016
Área total construída 210 m²
Arquitetura 23 Sul Arquitetura - André Sant’Anna da Silva, Gabriel Manzi, Ivo Magaldi, Lucas Girard, Luís Pompeo, Luiz Florence, Moreno Zaidan, Tiago Oakley (arquitetos responsáveis); Anelise Bertolini, Leonardo Klis, João Miguel Silva, Carmem Aires, Chayene Cardoso, Fernanda Schelp, Lucas Menezes, Raquel Takamoto, Laura Castellari e Sofia Toi (equipe)
Fotografia Pedro Kok
Fiscalização e gerenciamento da obra 23 SUL Arquitetura
Construção e gerenciamento Muchon Engenharia
Cálculo estrutural Valter Neder Salomão
Projeto Luminotécnico e design de móveis 23 SUL Arquietura
Instalações Elétricas Diminson Engenharia
Paisagismo Arboreto – Claudio Mariutti 
Projeto Acústico Modal Acústica
Execução projeto acústico Estúdio Speed Dry

Fornecedores

Estrutura Metálica Feitosa Estruturas
Marcenaria Marcenaria Ideias e Projetos
Mobiliário Marcenaria Baraúna e Futon Company
Luminárias Arquitetura da Luz
Blocos de concreto aparentes Prensil
Granilite e fulgê Casa Franceza
Esquadrias de alumínio Esquadrimax
Cobogó Neo Rex
Telhas trapezoidais termoacústicas Galvitel


Publicada originalmente em ARCOweb em 26 de Março de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora