8 auditórios marcantes desenvolvidos por grandes arquitetos

Diferentemente do teatro, o auditório possui caráter mais flexível e multiúso, podendo abrigar diversos propósitos

A plástica dos auditórios pode variar bastante de acordo com a finalidade de uso. Projetos com fins educacionais tendem a ser mais sóbrios e a buscar soluções arquitetônicas mais tradicionais, embora não seja proibido que tenham certa irreverência. Já os que possuem função cultural buscam assumir linguagens estéticas originais, que os diferencie arquitetonicamente.

Selecionamos 8 projetos de auditórios publicados pelas revistas PROJETO e FINESTRA e pelo portal ARCOweb, desenvolvidos por grandes escritórios de arquitetura.

1.Renzo Piano: Auditório em Áquila, cidade italiana destruída por terremoto

2.Álvaro Siza Vieira: Teatro-auditório de Llinars del Vallès, Barcelona

3.Metro Arquitetos: Auditório do Imaflora, Piracicaba, SP

4.Moojen e Marques Arquitetos Associados: Auditório Araújo Vianna, RS

5.Oscar Niemeyer: Auditório Ibirapuera, SP

6.Clorindo Testa: Auditório da Universidade do Salvador

7.Rafael de La-Hoz: Pavilhão e Auditório Rafael del Pino - Madri, Espanha

8.Kahn do Brasil: Auditório do Hospital Albert Einstein, São Paulo

Publicada originalmente em ARCOweb em 25 de Maio de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora