Antigo bunker nazista é transformado em usina solar na Alemanha

A estrutura também vai abrigar um museu, restaurante e um mirante

Como parte de um plano de revitalização de Hamburgo, cidade alemã às margens do rio Elba, um antigo bunker nazista de nove metros de altura foi transformado em uma usina ecoeficiente, capaz de produzir energia a partir da luz solar e também por biomassa.

Além de gerar energia limpa para aproximadamente 3 mil residências, a estrutura também vai abrigar um museu, restaurante e um mirante.

Desenvolvido pela IBA Hamburg, empresa especializada em renovação urbanística com ênfase em ecoeficiência, a usina vai produzir 100 kilowatts por semana e conta com um depósito com capacidade para armazenar 2 milhões de litros de água, resultado de explosões internas durante o final da Segunda Guerra Mundial.

Construído por Hitler em 1943, o volume com paredes de concreto de mais de dois metros de espessura conta agora com um esquema de calefação gerado por meio de resíduos industriais, uma unidade de controle de biometano e um sistema de combustão de madeira.

Segundo a empresa responsável pelo projeto, o objetivo do projeto é provar a possibilidade de produzir energia em áreas altamente urbanizadas com soluções ecoeficientes ao invés de mobilizar recursos para levar a eletricidade produzida em zonas rurais para as cidades.



Publicada originalmente em ARCOweb em 12 de Fevereiro de 2014
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora