Retrofit aproxima moradores em prédio mais longo de Los Angeles

O prédio de 438 apartamentos residenciais projetado pelo escritório Michael Maltzan Architecture, em Los Angeles, EUA, cria um tipo de vizinhança que "vive sob o mesmo teto”.

Segundo o escritório, trata-se de um importante experimento social: quanto mais longo for o prédio, mais oportunidades os moradores terão de se encontrar e formar laços sociais nos espaços comuns.

Batizado de One Santa Fe, o edifício de seis andares é considerado o mais longo de Los Angeles e teve custo de 165 milhões de dólares. É possível alugar microestúdios ou apartamentos de dois quartos, por valores que vão de 1.500 a 4.500 dólares por mês.

O piso térreo da estrutura de uso misto contém lojas e praças. No segundo andar, os moradores têm acesso a salas de eventos e jogos. Nas partes superiores há um estacionamento, os apartamentos residenciais e uma variedade de equipamentos coletivos como piscina, salas de reunião, estúdio de ioga e um spa. Há também uma parte do teto que é usada como um cinema a céu aberto.

Embora muitos dos corredores sejam internos, pontes ao ar livre com vista para a cidade conectam diferentes seções do prédio. "Elas são como encruzilhadas, para que o morador não tenha que andar por toda a extensão do prédio para finalmente ver alguém", explica o arquiteto Michael Maltzan.

Publicada originalmente em ARCOweb em 22 de Abril de 2015
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora