Obra residencial de Rino Levi é demolida na rua Augusta

Projeto modernista do edifício Nicolau Schiesser foi criado em 1933

Conhecido pelas varandas curvilíneas, o Edifício Nicolau Schiesser foi desenvolvido, em 1933, pelo arquiteto modernista Rino Levi. Em 2014, 81 anos depois de sua inauguração, a estrutura, que ocupa o número 901 da movimentada rua Augusta, está em processo de demolição.

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, os ex-moradores disseram ter vendido as unidades à construtora Gafisa. Antes de ser demolido, o edifício estava descaracterizado pela opupação irregular de lojas, que encobriam o desenho original do edifício, cujo declínio teve início na década de 1980.

Outros projetos de Levi na capital paulista também foram demolidos, como o edifício Columbus (1932), revestido de mármore e granito, derrubado na década de 1970. Construída em 1944, a casa do arquiteto e a casa Ferrabino, de 1931, ambas situadas no Jardim da Europa, zona oeste da cidade, já não existem mais.

Em 2013, o Instituto de Arquitetos do Brasil de São Paulo realizou uma campanha de financiamento coletivo para restaurar sua sede, edifício também projetado por Rino Levi, em parceria com o arquiteto Miguel Forte, que se encontra em avançado estado de deterioração. Em agosto do mesmo ano, o governo estadual informou que vai custar parte das obras de caráter emergencial.

Atualmente, sete obras do arquiteto modernista estão tombadas como patrimônio histórico.

Publicada originalmente em ARCOweb em 11 de Fevereiro de 2014
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora