São Paulo terá edifício desenhado por Kengo Kuma

Além da capital paulista, Londres e Los Angeles também contarão com o espaço chamado de Japan House, dedicado a divulgar o Japão contemporâneo

O governo japonês escolheu três cidades ao redor do mundo para iniciar o projeto Japan House. Ao lado de Londres e Los Angeles, São Paulo receberá o espaço de cultura, tecnologia e negócios que visa divulgar o Japão contemporâneo, por meio de experiências imersivas.

Siga-nos no Facebook

A edificação, que deve ser inaugurada em março do ano que vem na Avenida Paulista, é assinada pelo premiado arquiteto japonês Kengo Kuma. Recorrente em seus trabalhos, o uso de materiais naturais, como madeira e papel, possibilitará espaços leves e luminosos.

Uma fachada marcada por uma cortina de réguas de madeira criada por artesãos japoneses entra em sintonia com uma parede de cobogós, elemento comum na arquitetura modernista brasileira.

Serão mais de 2,5 mil metros quadrados de espaço útil, distribuídos em um espaço térreo, acessado a partir de uma praça interna, e mais três pavimentos.

Os ambientes serão conectados por portas deslizantes, conhecidas como fusuma na arquitetura tradicional japonesa, o que permitirá mais flexibilidade espacial.

A previsão é de que as obras de conversão do prédio que abrigará a Japan House, situado próximo à Praça Oswaldo Cruz, comecem em abril deste ano.

A casa terá entre suas atividades exposições, palestras, seminários, eventos culturais e performances artísticas, buscando sempre trazer personalidades japonesas de perfis variados, como artistas, cientistas, chefes de cozinha etc. Também estará aberta para eventos de negócios e lançamentos de produtos.

O programa contempla ainda um restaurante/cafeteria de gastronomia nipônica, biblioteca, ponto de informações turísticas e uma loja de artesanatos e manufaturas do Japão.

As diretrizes gerais para a Japan House de todo o mundo foram criadas pelo designer e produtor executivo japonês Kenya Hara. O desenvolvimento desse trabalho no Brasil é de responsabilidade do curador Marcello Dantas, que é conhecido, entre outros projetos, pelo Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.



Publicada originalmente em ARCOweb em 25 de Fevereiro de 2016
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora