Sesc Pompeia tombado como patrimônio cultural brasileiro

Situado na zona oeste de São Paulo, o conjunto arquitetônico do Sesc Pompeia foi tombado como patrimônio cultural brasileiro, passando a ser protegido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O pedido de inclusão na lista patrimonial foi oficializado quando o edifício completou 30 anos de atividade, em 2013.

A inscrição foi avaliada ainda na primeira semana de março, durante reunião em Brasília. Segundo comunicado do instituto, o Sesc pleiteou a integração ao patrimônio cultural nacional por ser se tornado uma arquitetônica nacional e internacional, além de um dos mais importantes centros de convivência e de cultura da capital paulista.

Desenvolvido pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi durante a década de 1970, o projeto conciliou as estruturas industriais – originárias de uma antiga fábrica que ocupava o terreno – com a nova funcionalidade social e de lazer do espaço. O edifício foi julgado por seus valores técnicos e estéticos, com ênfase nas intervenções estruturais aplicadas.

O Sesc Pompeia é tombado como patrimônio cultural pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) desde 2009.

    Publicada originalmente em ARCOweb em 06 de Março de 2015
    • 0 Comentários

    ENVIE SEU COMENTÁRIO

    Assine PROJETO e FINESTRA!
    Acesso completo grátis para assinantes


    Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

    Assine agora