Todos Arquitetura: MaxMilhas, Belo Horizonte

A mata para dentro

São 1100 metros quadrados que celebram a vida e a diversidade natural do país neste novo pavimento da MaxMilhas, em Belo Horizonte (MG). A equipe do Todos Arquitetura extraiu as características dos seis biomas brasileiros para criar uma linguagem única

O escritório da MaxMilhas, em Belo Horizonte, ocupa quatro pavimentos do edifício corporativo Colen, próximo ao centro da cidade. Anteriormente do décimo ao décimo segundo piso, a área da empresa se estendeu há pouco para o quinto andar e trouxe consigo uma identidade visual inspirada na exuberância natural do país. A ideia do Todos Arquitetura, escritório paulistano responsável pela obra, partiu do próprio nicho da empresa de viagens aéreas para propor o estilo da mais nova ocupação.

Acontece que são 1100 metros quadrados que retratam os seis biomas brasileiros - a saber, Amazônia, Caatinga, Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica e Pampa - como uma espécie de voo pelo país continental. Daí a inspiração em viagens aéreas locais: “A MaxMilhas é uma startup para compra e venda de milhas de passagens aéreas. O mundo visto de cima, juntamente à toda diversidade, cores, formas, texturas e grafismos é conceito para a empresa”, contou a equipe do Todos Arquitetura. Para alcançar esse objetivo, o projeto corporativo se assume quase cenográfico e o partido lança mão de elementos como forros, pisos, mobiliários, revestimentos, iluminação, fechamentos que retomem as características de cada bioma.

Na entrada de cada sala o recurso de escrita nas paredes faz menção ao Aeroporto Internacional de Confins - Tancredo Neves, relacionando-o com demais aeroportos dentro do território brasileiro. Portanto, em cada sala, a alusão é a uma viagem que parte de Minas Gerais para um território retratado pelo respectivo bioma. A exemplo, a sala principal de reuniões, bem em frente à entrada do escritório, representa o Cerrado através de cores quentes, amarelo e laranja, tanto no mobiliário quanto nas paredes e aletas do forro.

Em salas menores, usadas para reuniões diversificadas, o mesmo recurso se repete, porém, é claro, fazendo menção aos demais biomas. Em frente a cada uma delas, inclusive, existem pontos de espera que se assemelham propositalmente com as estruturas de landing dos aeroportos, cuja intenção é promover encontros antes mesmo das reuniões iniciarem e assim gerar maior contato entre os funcionários.

Na maior área do escritório, onde estão os postos de trabalho, a equipe do Todos Arquitetura trouxe o cenário do maior bioma brasileiro, a Amazônia, e se utilizou principalmente da paginação do piso como recurso iconográfico. É nele que está o verde da mata e o azul do volume de água doce e salgada - este último aplicado em salas de reunião adjacentes. O encontro entre os elementos foi representado por uma gradação de cores no desenho do piso de carpete. Nesta parte do escritório ainda existem pontos de descanso que figuram Vitórias-Régias, nos quais mesas de centro também servem como assentos.

Acima dos pontos de trabalho, o forro se refere ao céu através da inserção de luminárias inspiradas nas silhuetas de nuvens e, como apoio aos funcionários, lockers complementam o espaço privativo de cada um e cumprem o papel de floreira: “Trouxemos os tons marrons dos relevos nos lockers, lounges e marcenarias em geral”, detalhou a equipe do Todos Arquitetura.

Chama atenção o espaço de descompressão do escritório: uma ampla área com rede atirantada ao teto e variadas almofadas ao chão, onde é possível descansar e sair da ambiência de trabalho.



Ficha Técnica

Sede MaxMilhas
Local Belo Horizonte (MG)
Área 1100 m²
Ano de construção 2019

Arquitetura Todos Arquitetura - Fábio Mota, Laís Delbianco, Maurício Arruda, Camila Escobar, Ricardo Brito, Rogério Gurgel, Vinicius Fernandes, Beatriz Hipólito
Ar condicionado Protherm
Acústica Paim acústica
Luminotécnica Atiaia
Gerenciamento de obra Ricardo Saliba
Fotos Reverbo

Publicada originalmente em ARCOweb em 13 de Agosto de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora