Vidro oferece leveza e transparência à cervejaria mineira

Com o uso de vidro na arquitetura, clientes de um complexo cervejeiro em Belo Horizonte viram espectadores do processo de produção e podem apreciar as estruturas do edifício projetado por Gustavo Penna

CONTEÚDO PATROCINADO

O complexo cervejeiro construído em meio à natureza do bairro Olhos d'água, zona sul da capital mineira, compreende em 1.856 metros quadrados um restaurante, loja, escritório, uma adega, fábrica de cerveja e área externa para foodtrucks, funcionando como um espaço de encontro, mas também voltado à inovação do setor.

De autoria do arquiteto Gustavo Penna, titular do escritório Gustavo Penna Arquiteto & Associados, o Ateliê Wäls foi inaugurado em junho deste ano e venceu, recentemente, a 19ª Premiação de Arquitetura do IAB-MG, na categoria Obra Construída - Edifícios não residenciais para fins comerciais e, ou, de serviços.

Chama a atenção no edifício a marquise curva de madeira na entrada principal (nível da rua), que paira sobre a circulação vertical de vidro que conduz os clientes ao interior da cervejaria. Os vidros, fornecidos pela empresa Divinal, tornaram esse volume mais leve e sua transparência revela as estruturas, principalmente com a iluminação das escadas à noite.

Vidros temperados em diversas espessuras e espelhos da Divinal - escolhidos e instalados pela empresa Espaço Gold / Tudo de Vidro  - também aparecem nas divisórias da fábrica, com o objetivo, segundo o escritório mineiro, de tornar o processo de produção visível ao público, convidando-o a participar da fabricação de cerveja artesanal. Ali, mais de 100 mil litros da bebida envelhecem e fermentam, cada rótulo no seu próprio tempo.

“Além de isolar a área da fábrica do restante do ambiente, o vidro pode receber água (numa área que é constantemente lavada) e é resistente a alguns produtos químicos utilizados na fabricação e na limpeza que podem respingar nas divisórias”, complementa o escritório Gustavo Penna Arquiteto & Associados.

Além das divisórias envidraçadas, os ambientes são emoldurados por barris de carvalho. Juntos, os materiais permitem visual rústico e elegante ao mesmo tempo. A sofisticação do vidro aparece ainda na loja, tanto nas paredes quanto na prateleira central, que armazena taças de cerveja vendidas como souvenir.

Com estética industrial, o espaço interno conta também com ambiente cenográfico marcado por um amplo balcão na cor avermelhada e uma grande prateleira repleta de garrafas desenvolvidas para o projeto, que estão sob uma cortina confeccionada com 135 mil rolhas de cortiça.

www.divinalvidros.com.br
11 2827-2966

11 2827-2100
31 2103-9633

Publicada originalmente em ARCOweb em 15 de Dezembro de 2017
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora