Designer mineiro vence concurso do cartaz do Prêmio MCB

Além do vencedor, foram também conferidos menção honrosa a dois trabalhos e eleitos outros cinco como destaque

O designer gráfico Diego Rodrigues Belo, do escritório AMO Design, de Belo Horizonte venceu o concurso do cartaz da 31a edição do Prêmio Design MCB. A proposta de Belo foi selecionada entre mais de 360 inscrições e desenvolvida com chapa amarela de poliestireno, recortada com faca especial e impressa em serigrafia a uma cor.

O cartaz é o ponto de partida da competição e define a identidade visual do mais tradicional concurso de design do país, que é realizado pelo Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição vinculada à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

O concurso do MCB recebeu cartazes de 14 estados, que foram enviados por 136 designers, 45 arquitetos, 22 publicitários e diretores de arte, 7 artistas, 4 fotógrafos, 33 de outras profissões e 115 estudantes. A seleção foi realizada por uma comissão julgadora composta pela designer gráfica Priscila Lena Farias (coordenadora), Baixo Ribeiro, Luiz Félix, Ronald Kapaz e Tadeu Costa.

Além do vencedor, foram também conferidos menção honrosa a dois trabalhos e eleitos outros cinco como destaque que serão exibidos durante a exposição da premiação prevista para novembro. Ao autor do cartaz vencedor é concedido prêmio de R$ 3 mil e mais um contrato do mesmo valor para que ele crie as outras peças gráficas da edição.

Na avaliação da comissão julgadora o cartaz criado por Belo é “uma ideia atual, e que traz uma provocação. A escolha levou em conta não apenas a peça, mas a possibilidade de ela ser usada como matriz para reprodução por meio do estêncil, em diferentes suportes, desde uma camiseta até em muros. O autor soube escolher uma fonte robusta, apropriada para a exploração desse recurso, e a aplicou de forma coerente. O resultado é bastante sóbrio, ao mesmo tempo em que evoca a visualidade fora de controle das ruas das grandes cidades.”

Os integrantes do júri observaram também que “o cartaz proposto possibilita diversos desdobramentos, tais como a inserção de mensagens visuais em seus vazios, que podem ser explorados com diferentes fundos, estáticos ou em movimento, algo conveniente uma vez que a peça será o ponto de partida para a divulgação do Prêmio.”

O resultado da competição foi anunciado na sexta-feira, 5 de maio e desde o sábado, encontra-se em cartaz no MCB na Mostra do Concurso do Cartaz. Quem visitar a exposição poderá escolher, entre os 160 trabalhos selecionados pelo júri, o seu cartaz favorito. O que tiver mais votos na escolha popular será exposto ao lado do vencedor, das menções honrosas e dos cinco destaques na exposição agendada para dezembro.

A exposição e a promoção da votação popular visam estimular a participação do público no debate sobre a produção atual em design gráfico e a revalorização do cartaz enquanto peça gráfica central em campanhas de divulgação, informa o MCB.

www.mcb.org.br

Publicada originalmente em ARCOweb em 08 de Maio de 2017
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora