Atualize-se: são 32 os projetos finalistas da XI BIAU

No final do mês de maio, o júri internacional fez uma revisão da pré-seleção e determinou os 32 projetos finalistas da XI Bienal Ibero-Americana de Arquitetura e Urbanismo, vindos de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México, Paraguai, Perú, Portugal, Uruguai e Venezuela

(Imagem: Divulgação)
Está prevista para começar no dia 5 de outubro de 2019 a XI BIAU (Bienal Ibero-Americana de Arquitetura e Urbanismo) em Assunção, Paraguai. Ao longo de uma semana, diversos locais da cidade acolherão exposições, conferências e debates, assim como um ciclo de cinema e atividades populares.

A bienal reúne a melhor arquitetura dos 22 países que formam a Ibero-América nas categorias Panorama de Obras, Publicações, Textos de investigação, Trabalhos acadêmicos e Habitando a Ibero-América.

Para a convocatória apresentaram-se um total de 997 propostas, das quais 210 foram selecionadas pelos comitês nacionais de cada país. Depois disso, o júri internacional, reunido nos dias 25 e 26 de maio, reviu a pré-seleção até alcançar um número de 32 projetos finalistas. Entre eles predominam os espaços coletivos - equipamentos públicos, centros culturais, docentes ou recreativos -, embora também tenham sido destacadas residências, assim como reabilitações.

O júri, presidido por Gloria Cabral e Solano Benítez (Assunção), e formado por Gabriela Carrillo e Mauricio Rocha (Cidade do México), Sandra Barclay e Jean Pierre Crousse (Lima), Josep Ferrando (Barcelona), Carlos Quintáns (A Corunha), Nicolás Campodónico (Rosário), Carla Juaçaba (Rio de Janeiro), Javier Corvalán (Assunção), e pelos comissários da XI BIAU, Ana Román e Arturo Franco, selecionou estas 32 obras:

· Refuncionalización Ex - Molino Marconetti. Liceo Municipal Antonio Fuentes del Arco. Subsecretaría De Obras De Arquitectura De La Ciudad De Santa Fe. Arq. Marcelo Pascualón / Arq. Lucas Condal / Arq. Martín González / Arq. Luciana Viñuela / Arq. Andrés Francesconi / Arq. Daniel Imhoff / Arq. Javier Barducco / Arq. Germán Müller / Arq. Javier Espindola / Arq. Carlos Di Napoli / Arq. Andrés Grau / Arq. Felicita Cersofio / Arq. Julieta Zampedri / Arq. Erica Leyón / Arq. Federico Cairoli / Arq. Aylen Torres, Argentina

· Casa BS, Joaquin Alarcia - Federico Ferrer Deheza , Argentina

· Sesc 24 De Maio, Paulo Mendes Da Rocha + Mmbb Arquitetos, Brasil

· Capela Ingá-Mirim, Rodrigo Quintella Messina, Francisco Javier Rivas, Brasil

· A Praia e o Tempo (La Playa y El Tiempo), Pedro Varella, Brasil

· Sede Para Uma Fábrica De Blocos, Anna Juni, Enk Te Winkel E Gustavo Delonero [Vão], Brasil

· Edificio Municipal de Nancagua, Alejandro Beals, Loreto Lyon, Chile

· 8111, Taller de Arquitectura de Bogotá, Arquitectos Daniel Bonilla y Marcela Albornoz, Colômbia

· La Potocine: Sala de Cine autogestionada en Ciudad Bolívar , Arquitectura Expandida (Ana López Ortego, Harold Guyaux, Felipe González, Viviana Parada, Randy Orjuela Y Marina Tejedor), Colômbia

· Casa de las camas en el aire , Al Borde, Equador

· Cabañón DLPM, Juan Carlos Bamba Vicente, Ignacio De Teresa Fernández-Casas, Alejandro Jesús González Cruz, Equador

· Casa Entre Bloques, Natura Futura Arquitectura, Equador

· Museo del Clima en Lleida (2008-2018), Toni Gironès Saderra, Espanha

· Casa 1413, Harquitectes (David Lorente, Josep Ricart, Xavier Ros, Roger Tudó), Espanha

· A Hombros de Gigantes. Recorrido de Subida a las cubiertas de la Catedral de Málaga, Juan Manuel Sánchez La Chica, Gabriel Ruiz Cabrero y Adolfo De La Torre Prieto, Espanha

· Campo De Fútbol A Gandareira, Abraham Castro Neira Y Carlos Alberto Pita Abad, Espanha

· Rehabilitación de la Casa Vicens, Martínez Lapeña - Torres Arquitectos; Daw Office, Architecture, Espanha

· Life Reusing Posidonia/ 14 Vpo Sant Ferran, Formentera, Carles Oliver, Antonio Martín, Xim Moyá, Alfonso Reina, Espanha

· Metro De Granada. Estación Alcázar Genil, Antonio Jiménez Torrecillas, Espanha

· Centro Cultural Teopanzolco, Isaac Broid + Productora (Carlos Bedoya, Wonne Ickx, Victor Jaime, Abel Perles), México

· Centro Cultural Comunitario Teotitlan del Valle, Productora (Carlos Bedoya, Wonne Ickx, Victor Jaime, Abel Perles), México

· Vivero Guayacán, Ambrosi Etchegaray, México

· Punta Caliza Hotel Holbox, Arq. Salvador Macías Corona, Arq. Magui Peredo Arenas (Estudio Macías Peredo), México

· Clínica Médica / Vivienda, Elgue y Asociados. Arquitectos - Luis Alberto Elgue / Cecilia Román, Paraguai

· Escuelas Modulares Plan Selva, Ministerio De Educación, Peru

· Una nueva escuela en la Comunidad Nativa de Jerusalén de Miñaro, Asociación Semillas para el Desarrollo Sostenible, Perú

· Terminal de Cruzeiros de Lisboa, João Luís Carrilho Da Graça, Portugal

· Centro de Convívio de Grândola, Manuel Aires Mateus / Francisco Aires Mateus, Portugal

· Monte West Coast, Pedro Lagrifa Carvalhais De Oliveira, Portugal

· Renovação do Colégio da Trindade, Manuel Aires Mateus / Francisco Aires Mateus, Portugal

· Escuela de Tiempo Completo N300, Colonia Nicolich, Mariana Cecilio Magariños - Paepu/Anep, Uruguai

· Iglesia San Juan María Vianney - Media Legua, Elisa Silva, Enlace Arquitectura, Venezuela

Também foram selecionados os finalistas nas categorias de Publicações, Textos de Pesquisa e Trabalhos Acadêmicos.

Além disso, durante a Bienal será outorgado o Prémio Ibero-Americano de Arquitetura e Urbanismo e será concedido o prémio de fotografia "Habitando a Ibero-América".

O eixo conceptual desta edição da bienal é: "aĩ paragua y". "A Ibero-América é habitada e construída simultaneamente. Modifica-se o tempo todo. Os espaços são construídos por cada pessoa que os habita e, por isso, há que pensar naquilo que se constrói e construir com aquilo que se tem. A Ibero-América é sempre vivida como uma cidade em formação, em pulsação, mestiça, imperfeita. A XI Bienal Ibero-Americana de Arquitetura e Urbanismo mostra-nos como vivemos na Ibero-América. E apresenta-nos esse retrato com naturalidade, falando sobre o cotidiano. Aí reside a sua radicalidade", conceituam Arturo Franco e Ana Román, comissários/diretores da XI BIAU.

Confira os trabalhos brasileiros que constam da lista no final desta reportagem.

Para mais informações, acesse o site oficial da na XI Bienal Ibero-Americana.



Publicada originalmente em ARCOweb em 23 de Julho de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora