Definido o logo da Capital Mundial da Arquitetura

Anunciado no dia 28 de junho, o resultado do concurso apontou o logo criado por um venezuelano como vencedor, além de um segundo colocado e uma menção honrosa para brasileiros


Esta peça de identidade visual assinada por Pedro Contreras Olivo ficou com o primeiro lugar (Imagem: Divulgação)

A União International de Arquitetos (UIA) anunciou no último dia 28 de junho (sexta-feira) os vencedores da competição para o logo da Capital Mundial da Arquitetura segundo a UNESCO-UIA. Inédita, a honraria foi concedida ao Rio de Janeiro, cidade que hospedará o Congresso Mundial de Arquitetos da UIA em 2020, tornando-se um verdadeiro fórum global de discussões, palco para uma intensa programação temática. O trabalho ganhador vai ser usado para promover a iniciativa, a ser realizada a cada três anos em uma localidade distinta.

Após avaliar os 588 trabalhos inscritos, o júri concedeu o primeiro lugar para Pedro Contreras Olivo, designer gráfico venezuelano - cuja proposta prima pela simplicidade, clareza da mensagem e coerência estética com os logos da UNESCO e da UIA. À UIA, ele disse acreditar que a Capital Mundial da Arquitetura deva ajudar a promover espaços apropriados para a coexistência e enfrentar os futuros desafios. "Para mim, a Capital Mundial da Arquitetura indica uma cidade em meio a uma jornada pela inovação e pelo planejamento, mas também por seus valores culturais e sua herança histórica."

O segundo lugar coube aos brasileiros Victor Barros P. Silva & Maria Gabriella Paes Agostini. Victor é designer gráfico e fundador do VTR ARTE+DESIGN e Maria Gabriella é arquiteta. A criação deles foi apreciada pela robustez, clareza e adaptabilidade.

Uma menção honrosa foi concedida a Mauricio Schavinski e Tainara Comiotto, profissionais do Rio Grande do Sul, autores de um logo que sugere um mundo em constante transformação e adaptação - valorizado pela criatividade e qualidada artística.

A seleção dos projetos ficou a cargo de um grupo de renomados designers gráficos: Lulu Li (China), Eddie Opara (Reino Unido) e Elaine Ramos (Brasil).

Veja a seguir os outros trabalhos citados.

Fonte: site da UIA



Publicada originalmente em ARCOweb em 03 de Julho de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora