Estudantes recebem Prêmio mundial RIBA 2018

A congratulação anual, promovida pelo RIBA, reconhece os melhores projetos estudantis do mundo

O Royal Institute of British Architects (RIBA) anunciou os melhores projetos de estudantes de arquitetura do mundo de 2018. A entrega das premiações acontecerá na sede do RIBA, em Londres, de 5 de dezembro de 2018 a 15 de fevereiro de 2019 pelo próprio presidente do instituto.

Três categorias de medalhas foram concedidas – dentre elas, Medalha de Prata, Medalha de Bronze e Medalha de Dissertação -, além de menções honrosas. Os vencedores concorreram disputaram entre 328 projetos e dissertações enviadoss por mais de 100 escolas de arquitetura em 37 países.

O Prêmio RIBA 2018 promove a honraria anualmente, com intenção de premiar talentos e promover a inovação na educação de arquitetura.

Confira os vencedores:

Medalha de Prata RIBA

Sonia Magdziarz (Escola de Arquitetura de Bartlett, UCL) para “Como esculpir um gigante”

Sam Coulton (Escola de Arquitetura de Bartlett, UCL) para ‘"Jardins físicos de Londres: uma nova necrópole"


Kevin Herhusky (Universidade Estadual Politécnica da Califórnia) para "Infraestruturas da memória, corpos fitogênicos em uma nuvem de concreto"


Ruth McNickle (Escola de Arquitetura e Paisagismo de Edimburgo) para "Lavrar o Prado: um sulco de reconstrução"

Medalha de Bronze RIBA

Justin Bean (Universidade de Bath) para “Sonhando com ovelhas elétricas”


Alexander Wilford (Universidade de Greenwich) para "Smithfield Lorry Depot"


Camille Bongard (Architectural Association) para "Um cronograma coreografado, reescrevendo o contrato de construção do RIBA"


Sam Beattie (Universidade de Nottingham) para "Uma ponte para o bem-estar"


Medalha de Dissertação RIBA

Rosemary Milne (Escola de Arquitetura e Paisagismo de Edinburgh): Espécies de Recantos e Outros Nichos


Ethan Loo (Universidade de Sheffield): "Lendo o Passado e o Distante: Simulação, Significado e Macau"


Marie-Henriette Desmourès (Universidade Metropolitana de Londres): "O Vidente do Corpo Inteiro: Cegueira como Narrativa, Sujeito e Modo de Ver"


Mark Shtanov (Universidade de Cambridge): "Um outro hotel na África: um novo protótipo para um projeto de hotel a uma comunidade e com uma escola de hospitalidade anexa, em Lekki, Nigéria"

Publicada originalmente em ARCOweb em 13 de Dezembro de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora