Museu ao Ar Livre Princesa Isabel é tombado pelo Iphan

Criado para conter a memória da colonização do sudeste de Santa Catarina, o museu teve proposta aprovada no último 12 de junho


(Foto: Acervo Museu ao Ar Livre Princesa Isabel)

A proposta de tombamento do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel, situado na cidade de Orleans, em Santa Catarina, foi aprovada no dia 12 de junho de 2019 pelo Conselho Nacional do Patrimônio Cultural, na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O espaço, de 20 mil metros quadrados e pertencente à Fundação Educacional Barriga Verde, recria a memória dos processos de imigração e colonização da região sudeste do estado e preserva as técnicas e métodos de trabalho dos colonos chegados entre os séculos XIX e XX. O acervo ainda é representante da fase pré-industrial do país, momento de forte coexistência do maquinário e artesanato e, por isso, reflete parte da cultura da indústria do Brasil.

Para a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, a aprovação reafirma a campanha Patrimônio Cultural do Sul: Turismo Cultural, lançada no início de 2019, que atua sobre o desenvolvimento das cidades históricas: “O reconhecimento do Museu de Orleans não apenas aumenta a participação da Região Sul no Patrimônio Cultural, como reconhece a participação desses povos imigrantes na construção da Nação brasileira, com seus saberes, seus costumes e sua cultura”.

“O reconhecimento é um marco importante para o museu e para nossa cidade, pois torna de relevância nacional esse que já um patrimônio do estado. Ele engrandece o nosso trabalho e valoriza a história da imigração catarinense (...). É um acervo riquíssimo que pode ser ainda melhor aproveitado com a maior visibilidade do museu, que no ano passado recebeu cerca de 13 mil visitantes”, afirmou a diretora do Museu, Valdirene Böger Dorigon.

Conheça mais sobre o Museu ao Ar Livre Princesa Isabel em seu site oficial.



Publicada originalmente em ARCOweb em 13 de Junho de 2019
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora