Pitá Arquitetura: Cubo Itaú, São Paulo

Cores vibrantes em espaço corporativo

O projeto para um espaço que abriga startups priorizou o uso de tons chamativos com o propósito de transmitir energia aos funcionários. A ideia da equipe do Pitá Arquitetura foi escolher, de maneira minuciosa, todos os elementos de composição dos ambientes, o que resultou em espaços criativos, como uma área de descompressão original: a pequena “praia” na cobertura

Localizado na cidade de São Paulo, o Cubo Itaú nasceu com o objetivo de ser um relevante centro de empreendedorismo tecnológico da América Latina. Como o espaço deveria concentrar e conectar, em um mesmo lugar, empreendedores, grandes empresas, investidores e estudantes universitários, naturalmente os ambientes deveriam seguir uma linguagem que refletisse inovação, tecnologia e energia.

Foi com esse propósito que o Pitá Arquitetura – escritório liderado pelo arquiteto Antonio Mantovani, e que, anteriormente, nomeava-se como DM/AM Arquitetura – conduziu o projeto de interiores para criar uma atmosfera vibrante e convidativa. O térreo, por exemplo, abre-se para a rua e transmite aos transeuntes parte do que acontece no interior dos espaços. Na escala do pedestre, portanto, tornam-se acessíveis as áreas de convivência e visível um grande videowall (monitores conectados fisicamente em arranjo, formando uma grande tela).

Nos pavimentos superiores, encontram-se as salas de reunião, os espaços colaborativos e o auditório – que, inclusive, compartilha do conceito central da proposta e oferece a possibilidade de ser dividido ao meio, abrigando dois eventos ao mesmo tempo. No topo, a cobertura é o lugar mais agitado do projeto por abrigar uma espécie de praia: "o grande barato foi criar a tal praia paulistana, com direito a mar e areia no meio da selva de concreto de São Paulo", contou Fábio de Bem, arquiteto do Pitá.

Como o projeto partiu da premissa de que o Cubo abrigaria startups de várias tipologias, todos os materiais tinham de seguir uma mesma natureza: nada ofensivo e com viés mais agregador - como madeira e muitas tonalidades de cor, dado que as startups são empresas jovens e cheias de energia. Para isso, os ambientes foram projetados para serem amplos, abertos e com muita circulação.

A paginação de piso também possui muitas variações cromáticas e formais. Na cobertura, por exemplo, a representação de água, areia e vegetação da praia paulistana foi feita a partir do uso de gramas sintéticas de cores variadas, contrastando com o céu da capital paulista.

Ficha Técnica

Cubo Itaú
Local São Paulo, SP
Ano de conclusão da obra 2018
Área construída 3900 m²
Arquitetura de interiores  Pitá Arquitetura - Antonio Mantovani, Rafael Urbonas, Fábio de Bem, Leonardo Lima, Juliana Loss, Roberta Maduell e Tainá de Toledo 
Fotos Renato Navarro

Fornecedores

Tintas Suvinil
Mobiliário Tramontina

Publicada originalmente em ARCOweb em 26 de Outubro de 2018
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora