Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura anuncia vencedores

Voltada a projetos sustentáveis, a premiação é dividida nas categorias Profissional e Estudante

Em sua 3ª edição, o Prêmio Saint-Gobain de Arquitetura – Habitat Sustentável recebeu 796 projetos das áreas de arquitetura, urbanismo, design de interiores, engenharia e tecnologia da construção.

Siga-nos no Facebook

Os primeiros colocados da categoria Profissional recebem 20 mil reais, troféu e diploma. Já os segundos lugares, serão contemplados com 10 mil reais. O único ganhador da categoria Estudante foi premiado com um MacBook Pro, troféu e diploma.

MELHOR DOS MELHORES
Entre os primeiros colocados de todas as modalidades, nas duas categorias, foi escolhido o grande vencedor da categoria Melhor dos Melhores, premiado com uma viagem para a França, onde conhecerá o Domolab, centro de inovação do Grupo Saint-Gobain.

Desenvolvido por João Paulo Payar, do escritório Arkiz, o projeto Aliah Hotel se destacou por suas estratégias de conforto ambiental e eficiência energética. A chegada ao empreendimento é marcada por uma praça de acesso e recepção que constitui um mirante para a observação da paisagem.

CATEGORIA PROFISSIONAL
João Paulo Payar também ganhou o primeiro lugar na modalidade Empresarial. Já o segundo lugar ficou com Celso Rayol, do Cité Arquitetura, com o trabalho Complexo Multiuso, que promove a diversificação dos usos na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

Na modalidade Residencial, o primeiro lugar foi o projeto de Marcelo Consiglio Barbosa, do Barbosa & Corbucci Arquitetos Associados. O trabalho Habitação Estudantil teve como objetivo melhorar as condições de habitação dos estudantes, por meio de um sistema construtivo e arquitetônico que combina baixo custo e qualidade. O segundo lugar ficou com Christian Renato DAbruzzo, da Intrio Arquitetos, com o projeto Habitat Belagua, que visa atender a comunidades com baixa renda na zona rural Belagua, no Maranhão.

Na modalidade Institucional, o vencedor, Daniel de Barros Gusmão, do escritório Daniel de Barros Gusmão Arquitetos Associados, apresentou o trabalho Edifício Anexo do BNDES. O segundo lugar foi de João Batista Martinez Corrêa, do JBMC Arquitetura e Urbanismo, com o projeto Uma Escola Urbana Sustentável.

O grande vencedor da modalidade Arquitetura de Interiores foi Lucas Buitoni, que, com o trabalho Reforma Residência Urbana Sustentável Manduri, propôs a reforma geral de um sobrado geminado dos anos 40. O segundo lugar foi de Paula Zasnicoff Cardoso, que desenvolveu o projeto do Restaurante Olga Nur.

CATEGORIA ESTUDANTE
Na categoria Estudante, o ganhador foi Fábio Jessé, do Centro Universitário Tupy – Unisociesc, pelo projeto Habitação Emergencial para Refugiados em Clima Quente e Seco. Orientado pela professora Cristienne Magalhães Pereira Pavez, do curso de Arquitetura e Urbanismo, o estudo foi aplicado no Acampamento de Zaatari, na Jordânia, Oriente Médio.



Publicada originalmente em ARCOweb em 08 de Março de 2016
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora