HOK International e Aisenson: Edifício Malecon

Curva e torre iluminada marcam o extremo sul de Puerto Madero

Curva e torre iluminada marcam o extremo sul de Puerto Madero

Implantado no extremo sul de Puerto Madero, de frente para os diques que conformam o centro do porto, o edifício tem ampla frente urbana. A localização proeminente, visível tanto da cidade quanto do rio da Prata, confere-lhe a condição de importante marco do local. A estratégia do projeto foi criar duas fachadas: uma, ao norte, cuja base completa a geometria retangular dos diques; a outra, ao sul, cria um ambiente de jardins para as áreas comerciais e de escritórios.

A forma do edifício, com as duas faces opostas em curva, foi desenhada para proveitar as excelentes vistas que o local oferece e, também, para melhor captar a luz solar em todos os seus ambientes. Enquanto a face sul abre-se para o extremo sul do porto, a norte permite ver os diques, a silhueta do centro de Buenos Aires, o rio da Prata e uma reserva ecológica situada nas proximidades.

Com 12 pavimentos, a torre foi projetada sobre um embasamento comercial de 8 m de altura, sustentada por colunas que circundam o lobby de pé-direito duplo. Na face voltada para o norte, o embasamento está dividido no centro, de maneira a criar um pátio de entrada para o lobby do edifício de escritórios. Sobre o lobby, utilizado também para eventos e exposições, fica o primeiro piso de escritórios, circundado pelas colunas da base do edifício.

O núcleo de elevadores e escadas foi implantado junto à fachada sul, o que permitiu maior flexibilidade no planejamento das plantas dos escritórios, favorecendo a circulação vertical. Esse núcleo é formado por uma torre de tijolos de vidro que abriga as escadas e outra de concreto, revestida de metal, para os elevadores.

A base escalonada da fachada norte, com grandes aberturas envidraçadas, reflete a arquitetura tradicional de Puerto Madero. Suas paredes-fachadas receberam vidros duplos hermeticamente fechados, para proteção solar, e perfis de alumínio anodizado natural.

Na torre, as janelas são protegidas por brise-soleils apoiados em um sistema de cabos cujas técnicas remetem às empregadas pela indústria naval. O edifício dispõe de sistema de ar condicionado individual, proteção contra incêndio e circuito fechado de televisão.

Publicada originalmente em PROJETODESIGN
Edição 252 Fevereiro de 2001
Fachada norte: em primeiro plano detalhes construtivos do embasamento. Brises apoiados em cabos dosam a luz solar e compõem a fachada da torre,
Fachada sul, formada por dois volumes: o corpo curvilíneo e a torre de escadas, vedada com tijolos de vidro
O edifício visto do dique; ao fundo, os armazéns de
Puerto Madero transformados em modernos apartamentos
Vista noturna
Grande hall de entrada, também usado
como espaço para exposições

Texto de | Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 252
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora