Luciano Lerner Basso: Edifício residencial, Caxias do Sul, RS

Presença sutil na paisagem

No edifício residencial Quattro, o gaúcho Luciano Lerner Basso acumulou as funções de arquiteto, construtor e incorporador, “explorando a chance de propor possibilidades diversas aos moldes tradicionais do mercado imobiliário”. Linhas retas caracterizam o volume de apenas seis pavimentos, que estabelece boa relação com o bairro Ana Rech, situado a cerca de quinze quilômetros do centro de Caxias do Sul, RS

A edificação de 890 metros quadrados está localizada em um terreno com declive de quatro metros a partir do alinhamento. Seus seis níveis acolhem um programa de necessidades enxuto: estacionamento, sala de uso do condomínio e sete apartamentos de três tipologias distintas, com áreas que variam de 50 a 110 metros quadrados.

O projeto arquitetônico desenvolvido por Luciano Lerner Basso - que é natural de Caxias do Sul, onde também mantém seu escritório - tem plantas flexíveis, de forma a incentivar a configuração do espaço de acordo com as necessidades dos moradores. O térreo, permeável devido à presença de pilotis, conta com um apartamento.

O primeiro e o segundo pavimentos possuem duas unidades residenciais cada. Em seguida, ocupando os dois últimos andares, surge um par de apartamentos duplex que, graças ao pé-direito alto, resultante dos vazios que contornam o mezanino, usufruem de ambientes integrados. A circulação vertical setoriza as plantas do austero edifício.

Marcadas pelo jogo geométrico do fechamento feito com alumínio e vidro, as varandas constituem, visualmente, as fachadas leste e oeste da edificação. Delas, obtêm-se vistas para o entorno de áreas verdes e edificações de pequena escala.

Nos guarda-corpos, usou-se tela de aço galvanizado, assim como no portão de acesso, o que preserva a leveza e transparência arquitetônicas. Pequenas aberturas na face norte interrompem a regularidade da superfície de concreto. A aproximação da linguagem modernista, segundo Basso, é justificada por sua formação na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS), que foi “extremamente corbusiana”.

A arquitetura do Quattro “respeita a escala do bairro e materializa a busca por exatidão, rigor e economia de meios”, revela. A proposta surgiu da aspiração do arquiteto a oferecer alternativa aos prédios residenciais de pouca qualidade arquitetônica, recorrentes nas áreas periféricas da cidade da serra gaúcha - em contínuo crescimento demográfico devido à sua importância como polo metal-mecânico para o país.

Mais do que isso, ao também atuar como incorporador e construtor do prédio, ele sugere um “exercício de reflexão sobre a forma como os arquitetos são capazes de assumir o processo de produção imobiliária, propondo alternativas para os edifícios de habitação multifamiliar e para a conformação do tecido urbano”. 

 


Luciano Lerner Basso Formado pela FAU-PUC/RS (2003), tem MBA em Gestão pela ESPM/RS (2005) e é mestre em Projeto Arquitetônico pela UniRitter/Mackenzie (2015). Vencedor do Prêmio Opera Prima (2003), teve projetos selecionados para as bienais de arquitetura de São Paulo (2005) e Brasília (2007).



Ficha Técnica

EDIFÍCIO RESIDENCIAL QUATTRO 
Local Caxias do Sul, RS
Data do início do projeto 2013
Data da conclusão da obra 2015
Área do terreno 360 m2
Área construída 890 m2

Arquitetura Luciano Lerner Basso
Estrutura Mauricio Fedrizzi
Elétrica Regis Kaplan
Hidráulica Roberto Basso
Construção Basso Engenharia
Proteção contra incêndio Profire
Ilustrações Nicolas Bailleres
Fotos Marcelo Donadussi 

 

Fornecedores

Concreto usinado Intercement
Blocos cerâmicos Pauluzzi
Esquadrias de madeira e alumínio Fábrica de Esquadrias São José
Forros de gesso DeGipso
Impermeabilização Constec
Tintas Suvinil
Corrimãos, escadas e guarda-corpos Serralheria Arte em Ferro
Pisos cerâmicos, porcelanatos e azulejos Incepa, Roca

Texto de Camila Gonzalez| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 433
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora