OSPA: Cap. 1 Três Figueiras, Porto Alegre, RS

Condomínio vertical voltado para o verde

Na proposta do escritório gaúcho, o terreno íngreme surge com apartamentos escalonados e dotados de amplos terraços, para assim garantir os visuais do bairro-jardim

Primeiro de uma série pensada para esse bairro-jardim de Porto Alegre (RS), o condomínio vertical concebido pelo escritório OSPA, recebeu, oportunamente, o nome de Cap.1 Três Figueiras - em referência ao distrito nobre da capital gaúcha, composto predominantemente por casas grandes e de alto padrão.

O partido arquitetônico – sintetizado nos 16 apartamentos em blocos escalonados de concreto armado aparente – acompanha a topografia do terreno de 2 180 metros quadrados, dialoga com a rua embaixo e com o entorno do local onde o plano diretor prevê baixo índice construtivo e baixo limite de altura. Essa solução - marcada pela geometria escalonada, com terraços privativos e acompanhando a topografia do terreno -, visava justamente respeitar a limitação de altura em relação ao perfil natural do terreno, bastante íngrime e, ao mesmo tempo, tirar partido do limite de altura disponível e dos visuais proporcionados para as áreas verdes e as residências que ainda configuram esse bairro-jardim.

O empreendimento surgiu, portanto, composto por unidades que se assemelham às casas que hoje ocupam a viznhança. Cada uma delas conta com piscinas e terraços privativos, algumas até com jardins exclusivos, além de ambientes amplos, apresentando aos futuros moradores a idéia de residir em uma casa, preservada a segurança e a comodidade de um condomínio.

Para atender com versatilidade ao programa estabelecido, a equipe multidisciplinar envolvida no projeto estipulou unidades diferentes (com entre 120 e 300 metros quadrados cobertos, mais terraço de 50 a 70 metros quadrados e jardins com área superior a 100 metros quadrados). A distribuição prevê três dormitórios - embora esteja contemplada a máxima flexibilidade para alterações nos layouts internos conforme a necessidade do cliente.

O elemento comum a todas as unidades é a atmosfera de casa, efeito reforçado pelas sacadas amplas e angulosas, arrematadas pelas piscinas em balanço. O pavimento mais alto concentrará os dúplex. No térreo, ficarão estacionamento, piscina aquecida, academia, spa, adega comum e galeria de arte condominial. Está previsto um amplo lounge multifuncional, imaginado como o lobby de um hotel - podendo ser utilizado como uma continuação da salas de estar dos apartamentos no dia a dia e, também, quando fechado por painéis acústicos retráteis, como salão de festas integrado ao jardim frontal. Para arrematar, amplos estacionamentos, com o aspecto de verdadeiros halls de acesso para os moradores, e não meros espaços para guardar veículos.

A arquitetura e os projetos complementares principais (hidrossanitário, elétrico, climatização, arquitetura de interiores e sinalética) foram todos desenvolvidos internamente pela equipe da OSPA, garantindo uma solução integrada, compatibilizada, e um excelente resultado. O projeto estrutural, também desenvolvido em sincronia com a arquitetura, teve em vista que o empreendimento contaria com o predomínio do concreto aparente nas paredes, lajes planas e pilares circulares. Na fachada, as piscinas ficarão em balanço na borda dos apartamentos enquanto os os pilares, localizados somente na parte interna dos apartamentos, ressaltarão a impressão de os tanques estarem flutuando.

A solução estrutural encontrada, embora bastante convencional, com concreto armado moldado no local, tem como diferencial o alinhamento com as definições arquitetônicas, de modo que a estrutura reflita diretamente a arquitetura. Somam na proposta ainda as contribuições de equipes externas especializadas, como projeto de piscinas, adega, acústica, segurança, impermeabilização, iluminação e paisagismo, entre outros.



Ficha Técnica

Cap. 1  Três Figueiras
Local Porto Alegre, RS
Ano do início do projeto 2017
Área construída 6 033 m²
Área do terreno 2 180 m²

Projeto estrutural Simon Engenharia

Arquitetura OSPA - Carolina Flach Souza Pinto, Lucas Obino, Cristiano Selbach Carneiro, Franco Miotto, Augusto Tubelero e Rodrigo Rocha (autores)

Imagens Blackhaus Studio

Texto de | Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 447
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora