Sergio Sampaio Arquitetura + Planejamento: Conjunto habitacional, Osasco, SP

Habitação e convivência

Em terreno plano com 11,5 mil metros quadrados situado no bairro Piratininga, em Osasco, município da Região Metropolitana de São Paulo, o escritório Sergio Sampaio Arquitetura + Planejamento desenhou um conjunto habitacional qualificado pela diversidade de gabaritos e por generosos pátios de convivência

Projetar uma habitação de interesse social com qualidade arquitetônica e, ao mesmo tempo, atrativa às construtoras, foi o principal objetivo de Sergio Sampaio no Conjunto Habitacional Piratininga. Isso porque, apesar de ser um empreendimento promovido pela Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano (SEHDU) da Prefeitura de Osasco, dependerá de interesse da iniciativa privada para sair do papel.

O escritório Sergio Sampaio Arquitetura + Planejamento, ao vencer licitação em 2015, ficou responsável pelo projeto básico. O arquiteto explica que, nesse caso, a administração municipal cederá o terreno e a execução da proposta ficará a cargo de uma construtora, com financiamento do programa Minha Casa, Minha Vida.

Uma das principais condicionantes apresentadas pelo cliente era que fosse criada uma vaga de garagem para cada unidade habitacional - exigência que não é obrigatória nesse tipo de projeto, mas que busca atender à faixa de renda dos moradores (quatro a sete salários mínimos) e atrair atenção das empresas de construção. Para tal, o pavimento térreo das edificações foi reservado para os estacionamentos, com a contrapartida da liberação de mais terreno para pátios de convivência e espaços verdes, gerando um dos elementos qualificadores da arquitetura.

No entanto, também deveria ser criado o maior número possível de apartamentos, com pouca variação de layouts. A decisão foi implantar uma torre central com 15 pavimentos, um edifício-lâmina com cinco níveis junto à rua, e três edificações horizontais com nove pavimentos. Essas últimas são compostas por dois volumes entremeados por áreas comuns e ligados por passarelas, ampliando a ventilação e iluminação naturais e incentivando o convívio entre os moradores. Assim, surgiram 360 unidades habitacionais e a mesma quantidade de vagas de garagem.

A torre é a única que não possui estacionamento no embasamento. No lugar, pilotis que geram permeabilidade visual e espacial. “Era premissa ter a menor diversidade de tipologias, para ganhar em escala. Assim, para não criar um conjunto monótono, trabalhamos com prédios com alturas diferentes”, explica Sampaio.

O autor do projeto revela ainda que, para ele, “a maior contribuição urbana que o edifício tem é na volumetria da sua implantação”. Por isso, o escritório procurou fazer da disposição dos volumes no terreno a principal virtude do conjunto residencial.

Sergio Sampaio Arquitetura + Planejamento
Sergio Sampaio (FAU/Mackenzie, 1998) é titular do Sergio Sampaio Arquitetura + Planejamento, escritório que fundou em 1998 e atua tanto no setor público como na iniciativa privada. Em alguns dos seus trabalhos, o arquiteto tem também desempenhado a função de incorporador



Ficha Técnica

Conjunto Habitacional Piratininga
Local Osasco, SP
Data do projeto 2016
Área do terreno 11.500 m²
Área construída 28.170 m²

Arquitetura Sergio Sampaio Arquitetura + Planejamento - Sergio Sampaio (autor); Patricia Zeppini, Renata Hirayama, Luiza Cesario (arquitetas); Pedro Henrique Lofrano (estagiário) Cliente Prefeitura Municipal de Osasco

Texto de Camila Gonzalez| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 435
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora