Triptyque: Escola Concept, São Paulo

Madeira CLT contorna árvores e interliga usos

Projetar escolas foi sempre um campo profícuo de trabalho para os arquitetos. Se no passado recente investigou-se a racionalização construtiva a favor da reprodutibilidade das unidades e de sua adequação às diversas implantações, hoje reflete-se também sobre o potencial da arquitetura em motivar o aluno a aprender, amparando atividades - internas e ao ar livre - em configurações diversas. A correspondência, então, entre as qualidades dos espaços e a dinâmica do ensino é aspecto central desse projeto da Triptyque para a escola Concept, de São Paulo.

A inauguração está prevista para ocorrer em duas fases sequenciais, com a obra finalizada no ano letivo de 2019. A Concept é uma escola especial, de educação básica, criada por um grupo empresarial brasileiro do setor e que começou a funcionar em 2017, com unidades em Ribeirão Preto e Salvador.

Em São Paulo, irá ocupar um terreno de privilegiadas localização e dimensão, situado no bairro do Jardim Paulistano e qualificado pela existência de um parque arborizado com mais de 10 mil metros quadrados de área, dos quais 5,5 mil são ajardinados (existem 382 árvores no local, consideradas também as das calçadas adjacentes). No local, funcionou desde 1946 o Colégio Sacré-Coeur de Marie (Sagrado Coração de Maria), de origem francesa, que, frequentado pela elite paulistana, deixou de operar há mais de 20 anos.

O projeto do Triptyque é de restauro e requalificação do complexo - a maior parte das instalações existentes será mantida e modernizada - e de otimização do uso da área externa. Característica marcante do trabalho, nesse sentido, é a criação de coberturas treliçadas e marquises com laminado de madeira cruzada, o CLT, cuja utilização no Brasil tem sido amplamente motivada no meio especializado.

Segundo Carolina Bueno, uma das sócias do Triptyque, o uso do material tem dupla justificativa: alinha-se a um dos pilares pedagógicos da Concept - de conscientização em relação à sustentabilidade ambiental - e sinaliza a distinção entre o novo e o existente.

Tal atitude não apenas se mostra recorrente no trabalho da equipe franco-brasileira de arquitetos, como ainda é princípio adequado à intervenção no Sacré-Coeur, que, em 2015, foi enquadrado como Zepec (Zona Especial de Preservação Cultural) pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), no contexto da revisão da Lei de Zoneamento da cidade, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano.

A marquise de forma orgânica irá percorrer as diversas construções do complexo, interligando-as e unindo as quadras e piscina, de modo a não interferir na vegetação. Já as salas de aula terão leiaute modular, a fim de permitir reconfigurações espaciais. A capela terá novo uso, como auditório, e haverá também o incremento das áreas expositivas.

 
 
Triptyque
O escritório Triptyque é liderado pelos arquitetos franceses Greg Bousquet, Guillaume Sibaud, Olivier Raffaëlli e pela brasileira Carolina Bueno, todos formados em 1999 pela Escola de Belas‑Artes de Paris. No Brasil, venceram, em 2000, concurso para o projeto do Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro; posteriormente, constituíram escritório em São Paulo



Ficha Técnica

Escola Concept - Sacré-Coeur
Local São Paulo, SP
Início do projeto 2017
Área do terreno 18.131 m2
Área construída 12.853 m2
Cliente Grupo SEB

Arquitetura Triptyque - Carolina Bueno, Greg Bousquet, Guillaume Sibaud, Olivier Raffaëlli (sócios); Mario Tavares (coordenador); Ana Castro, Barbara Campelo, Gabriela Dal Secco, Natasha Taylor, Weslley Karpor, William Campos (equipe)
Imagens 3D Wax Digital (Fred Meyer) e Triptyque (Thiago Bicas)
Gerenciamento de projetos Berton Engenharia
Instalações elétricas e hidráulicas, ar-condicionado, estrutura, conforto ambiental GWIC Group
Estruturas de madeira Carpinteria Estruturas de Madeira
Luminotécnica Estudio Carlos Fortes Luz+Design
Paisagismo Studio Matter (Guil Blanche)
Relatório de restauro Vanessa Kraml Arquitetura | Restauro

Texto de Evelise Grunow| Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 441
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora