Urban 21: Menções honrosas

CERTIFICADOS FORAM CONCEDIDOS AOS AUTORES, ORIENTADORES E INSTITUIÇÕES QUE OBTIVERAM MENÇÃO HONROSA. CONHEÇA-OS.


Costura Urbana
Equipe: Jonatas dos Santos Barros, Augusto Paiva Santos, Bruno Souza Figueiroa, Caroline Maderic Riquino, Guilherme Euler, Luan Poiani, Lucas Vieira Domingos 
Instituição: Universidade São Judas Tadeu, São Paulo, SP 
Orientador: Gastão Santos Sales

Os alunos da USJT propõem intervenção em uma área de 25 hectares na Barra Funda, distrito da zona oeste de São Paulo, com redesenho do entorno, de modo a dar sustentação à Operação Urbana Consorciada Água Branca. Segundo os autores, a região concentra áreas ociosas, ainda que dotadas de infraestrutura. “Pensamos, portanto, na possível transformação da cidade através de intervenções estratégicas, com a diversificação das formas de ocupação visando maior aproveitamento do solo urbano”. O projeto é baseado na utilização de três instrumentos e dois métodos de análise urbanísticos, e estruturado por um percurso pedonal, que busca transpor barreiras urbanas e promover a integração entre as pontas de uma linha férrea, além de praças para solucionar problemas hídricos.

Parecer do júri: O júri concedeu menção honrosa ao trabalho por propor, com ousadia e liberdade, soluções para o problema da fissura urbana causado pelo traçado da linha férrea na região da Operação Urbana Consorciada Água Branca, em São Paulo. Trata-se de um projeto em escala intermediária, ou seja, nem a pontual do desenho arquitetônico nem a da macroescala.

Clique aqui para ver o PDF com o projeto completo


(Re)fazer Urbano
Equipe: Giovanni Paulo Cristofaro, Juliana Alves Dullius, Juliana Rocha Jenkins de Lemos e Luiz Fellipe Machado Silva
Instituição: Universidade de Brasília, DF
Orientadoras: Liza Maria Souza de Andrade e Camila Gomes Sant’anna

A proposta consiste no redesenho urbano da Vila Buritis IV, bairro de Planaltina, região administrativa do Distrito Federal. O local resulta da última etapa do projeto de expansão do Bairro Buritis, iniciado em 1969 para receber a população transferida de invasões do Plano Piloto de Brasília. Buscando não interferir no caráter histórico de Planaltina, esses assentamentos informais foram implantados sem conexão com a malha urbana existente, adquirindo função de bairros dormitórios e dependentes de centros próximos, sobretudo do Plano Piloto. Identificando os problemas e, a partir deles, possibilidades agregadas ao contexto da Vila Buritis IV, os estudantes da UnB propõem: a criação de usos que possibilitem a permanência; infraestrutura ecológica; aproximação dos residentes ao espaço público; e habitações de cunho social.

Parecer do júri: A menção honrosa vai pela escala e soluções apresentadas para a ocupação e parcelamento da área. A solução espacial, por meio deste último e com a proposição de novas edificações, estabelece escala e densidade adequadas em torno do preexistente. Há integração com o espaço público, a malha urbana do entorno e a vegetação existente.

Clique aqui para ver o PDF com o projeto completo


[Des]indústria OP
Equipe: Eigi Okada, Heitor Henrique Prucoli, Igino Junior, Larissa Ferreira, Laura Carneiro, Pedro Henrique Hastenreiter, Raone Carlos Tomazelli e Thiago Azevedo 
Instituição: Universidade Federal de Ouro Preto, MG 
Orientadora: Alice Viana

Os alunos criaram um plano que visa estimular o fortalecimento de uma nova subcentralidade, com diretrizes sociais, ambientais, culturais e econômicas que evitem problemas resultantes do processo de desindustrialização em Ouro Preto. Fundamentado nos eixos de patrimônio industrial, revitalização ambiental, mobilidade, equidade e justiça social, “o projeto orienta-se pelos itens de conteúdo mínimo para uma Operação Urbana Consorciada [OUC], definidos no Plano Diretor do município, estipulando uma macrorregião caracterizada pelo processo industrial, traçando diretrizes gerais, delimitando áreas de intervenção hierarquizadas por prioridade, e adentra-se à primeira etapa da OUC em diretrizes específicas, zoneamentos, programas e projeto de loteamento”, explica a equipe autora da proposta.

Parecer do júri: O projeto foi escolhido para receber menção honrosa por estabelecer uma ótima relação do passado industrial e da linha férrea com os bairros no entorno da cidade de Ouro Preto. São acertados os usos habitacionais, os espaços públicos, a escala e as estruturas remanescentes da ocupação industrial.

Clique aqui para ver o PDF com o projeto completo

Urban 21: clique para ver o 1º colocado
Urban 21: clique para ver o 2º colocado
Urban 21: clique para ver todos os projetos

Texto de | Publicada originalmente em Projeto Design na Edição 434
  • 0 Comentários

ENVIE SEU COMENTÁRIO

Assine PROJETO e FINESTRA!
Acesso completo grátis para assinantes


Quem assina as revistas da ARCO pode acessar nosso acervo digital com mais de 7 mil projetos, sem custo extra!

Assine agora